HISTÓRIA DE CLIENTES
sunsweet-making-a-difference-featured

Sendo um diferencial na vida dos nossos clientes

Influenciamos, de forma positiva, a vida de nossos clientes, muito além da simples emissão de relatórios dos resultados.

SAIBA COMO

Marketing Strategy

Visão geral do marketing de 2024: principais tendências que os empresários devem conhecer

| 14 Minutos Para Ler
Tendencias 2024
Resumo: Explore as tendências transformadoras que definirão o marketing digital em 2024. Os consultores WSI orientam as empresas com uma abordagem humana ("human in the loop") garantindo o sucesso no dinâmico mundo digital.

À medida que as empresas se preparam para 2024, o panorama do marketing digital passa por rápidas transformações, dando início a novas tendências que exercem considerável influência. Para pequenas e médias empresas (PMEs), navegar neste ambiente dinâmico requer uma abordagem estratégica. 

Aqui estão sete tendências principais adaptadas às necessidades das pequenas e médias empresas:

 

Domínio do conteúdo interativo 

Embora todos reconheçamos que o conteúdo é o rei do castelo, qual é exatamente a distinção para “conteúdo interativo”? Simplificando, conteúdo interativo significa qualquer tipo de conteúdo que comunique sua mensagem, incentivando a interação ou participação do usuário. Pense em coisas como questionários, pesquisas, vídeos, GIFs animados ou infográficos – qualquer coisa que incentive o envolvimento ativo é interativo.

E não é surpresa que os usuários estejam ávidos por esse tipo de conteúdo. De acordo com a Design Hill, apenas 36% dos profissionais de marketing acreditam que o conteúdo passivo é eficaz para envolver visitantes/compradores. Outra estatística indica que 49% dos profissionais de marketing B2B veem a medição da eficácia do conteúdo como seu maior desafio de marketing de conteúdo. Outras estatísticas importantes sobre conteúdo interativo incluem:

  • A informação visual constitui 90% dos dados transmitidos ao cérebro, com os recursos visuais sendo processados 60.000 vezes mais rápido que o texto.
  • Surpreendentes 80% dos visitantes online preferem assistir a vídeos a ler conteúdo textual.
  • Os profissionais de marketing reconhecem que o conteúdo interativo engaja efetivamente cerca de 70% dos visitantes e compradores.
  • Impressionantes 88% dos profissionais de marketing afirmam que o conteúdo interativo é uma ferramenta poderosa para distinguir sua marca dos concorrentes.
  • 93% dos profissionais de marketing reconhecem o conteúdo interativo como um método eficaz para educar potenciais compradores.
  • Artigos enriquecidos com imagens atraem 94% mais visualizações.
  • Marcas que incorporam designs criativos de infográficos testemunham um crescimento médio de tráfego de 12%.
  • O uso de infográficos entre profissionais de marketing B2B aumentou para 51%, ante 38% em 2013.
  • O vídeo agora representa 50% de todo o tráfego móvel e 90% do tráfego da Internet.
  • Notáveis 86% das empresas expressam sua intenção de reutilizar o conteúdo de várias maneiras nos próximos 12 meses.

Por que isso é importante: as PMEs podem elevar o envolvimento do cliente migrando para experiências imersivas, como enquetes, questionários e aplicativos de realidade aumentada.

Insight prático: priorize a criação de conteúdo interativo para estabelecer conexões memoráveis com seu público.

 

Mais Privacidade de Dados

Com todas as notícias sobre violações de dados e hacks, não é surpresa que a preservação da privacidade dos dados pessoais online continue a ser uma preocupação primordial para a maioria dos usuários da Internet. Apesar de toda a  apreensão, muitos lutam para implementar proteções  eficazes.

De acordo com o Surfshark, 90% dos usuários da Internet nos EUA reconhecem a importância da privacidade online. Embora a maioria dos americanos valorize a sua privacidade online, 75% acreditam que podem estar vulneráveis a ataques de criminosos cibernéticos. No entanto, existe uma lacuna entre a conscientização e a ação, com apenas 64% a utilizar ferramentas para proteção da privacidade online e apenas 56% se sentindo no controle de seus dados.

A pesquisa Cyber Safety Insights de 2022 da Norton, que reflete as perspectivas de 10.000 adultos em 10 países, revela que 85% dos adultos globais desejam fazer mais para proteger a sua privacidade online. Apesar dessas intenções, as preocupações persistem, já que 80% expressam preocupação com a sua privacidade, 69% sentem-se mais preocupados do que nunca e 61% estão dispostos a sacrificar a privacidade de dados pela conveniência. As descobertas do Norton também destacam medidas proativas tomadas por 71% dos adultos globais para melhorar a privacidade online, como alterar as configurações padrão de privacidade (29%), habilitar a autenticação em vários fatores (26%), desativar cookies de terceiros (26%) e usar uma VPN (16%).

Por que isso é importante: Abordar as preocupações com a privacidade dos dados aumenta a confiança do consumidor e garante a conformidade com as leis de privacidade, formando a base de estratégias digitais eficazes.

Insight prático: Adote uma estratégia que prioriza a privacidade, comunique-se de forma transparente sobre o uso de dados e estabeleça a confiança do seu público.

 

Sustentabilidade e Marketing Ético 

Tendências do consumidor em 2023 indicam uma mudança significativa na tomada de decisões de compra com base em valores pessoais e no alinhamento da marca. Isso não é nenhuma surpresa e é algo que a WSI vem monitorando há algum tempo com marcas orientadas a um propósito.

Os principais critérios que influenciam estas decisões incluem a sustentabilidade ambiental e as práticas éticas. Um relatório da Deloitte de 2022 destacou que 40% dos adultos do Reino Unido escolheram marcas com práticas ambientalmente sustentáveis, enquanto 37% priorizaram valores éticos. É digna de nota a relação entre um rendimento anual mais elevado e as atitudes dos consumidores no que tange  princípios éticos.

Um relatório da DMA (Data & Marketing Association) revelou que 59% dos indivíduos com um rendimento anual superior a £75.000 (ou $100.000 USD) prefeririam a opção de filtrar listas de produtos com base nos seus valores quando fazem compras online. No entanto, a atual crise do custo de vida sugere que alguns consumidores podem comprometer a acessibilidade.

O relatório Marigold de 2023 reforça esta perspectiva, com 60% dos consumidores expressando pessimismo quanto ao aumento do custo de vida. Em meio a isso, metade deles faz menos compras impulsivas e aguardando promoções, benefícios de fidelidade ou ofertas especiais de suas marcas favoritas. Os profissionais de marketing devem navegar neste mercado volátil criando ofertas atraentes e programas de fidelidade para reter clientes.

O foco na Geração Z e na Geração Millennials revela a inclinação deles para tomar decisões de compra orientadas pela consciência. A DMA informou que, em 2020, 53% das pessoas com idades entre 16 e 34 anos estariam dispostas a gastar 5% a mais em um produto ético. Os jovens consumidores entre 25 e 35 anos, segundo a DMA, prefeririam filtrar as listas de produtos com base nos seus valores ao fazer compras online. A Geração Z e a Geração Millennials são mais propensas a comprar de marcas que defendem causas sociais (Hubspot, 2023). A influência destes dados demográficos nas opiniões da sociedade é evidente nas suas fortes reações em plataformas como TikTok e Reddit.

Além disso, a diversidade e a inclusão desempenham um papel crucial nas preferências dos consumidores. Um relatório da Forbes indicou que 61% dos consumidores consideram importante a diversidade na publicidade das marcas, sendo que 38% são mais propensos a confiar em marcas que apresentam diversidade nas suas campanhas e envolvimento. Essa tendência enfatiza as preocupações éticas mais amplas que os consumidores têm para além da sustentabilidade e do ambiente. As marcas que buscam estabelecer confiança e lealdade devem ir além de meras demonstrações de sustentabilidade e abranger questões mais amplas como diversidade e inclusão, em seus esforços de marketing.

Por que isso é importante: Alinhar-se com valores sustentáveis e éticos repercute nos consumidores modernos, promovendo a fidelidade à marca. 

Insight Prático: Mostre seu compromisso com a sustentabilidade e a ética nas narrativas de marketing, enfatizando valores que são importantes para o seu público.

 

Otimização para Pesquisa por Voz e Visual

Assistentes de voz, utilizados por 62% dos americanos e com 36% possuindo alto-falantes inteligentes, tornaram-se onipresentes em dispositivos como smartphones, computadores e sistemas automotivos. O domínio do Amazon Echo no mercado de alto-falantes inteligentes e da Siri da Apple, líder no uso de dispositivos móveis, destaca a necessidade de adaptar estratégias de busca por voz a essas plataformas, considerando seus algoritmos e funcionalidades exclusivos. O uso diário da pesquisa por voz nos EUA aumentou 8% em 2022, especialmente entre os millennials, com uma taxa de uso diário de 58%, sinalizando resiliência após os desafios iniciais. Os negócios online devem integrar suporte de assistente de voz, compreendendo as preferências demográficas para uma experiência de usuário aprimorada.

Aproximadamente 45% dos americanos e mais de um terço no Reino Unido e na Alemanha utilizam a pesquisa por voz para obter informações em smartphones, enfatizando a importância da otimização da pesquisa por voz. Ignorar esta tendência significa correr o risco de perder uma quota de mercado significativa. Táticas locais de SEO, como a otimização dos perfis de empresas do Google, tornam-se vitais para as empresas que desejam aparecer nos resultados de pesquisa por voz local, onde os usuários perguntam predominantemente sobre o clima e as empresas locais. Produtos de saúde e beleza, eletrônicos e suprimentos domésticos estão no topo da lista de produtos adquiridos por meio de alto-falantes inteligentes, incentivando as empresas de eCommerce a otimizarem para compras por voz. A geração Y mais jovem (25-34) surge como o principal grupo demográfico para compras por voz, tornando-a uma opção valiosa e conveniente para os varejistas.

As empresas com classificações mais elevadas no Yelp e avaliações positivas dos clientes aumentam a sua visibilidade nas respostas Siri da Apple, destacando a necessidade de estratégias eficazes de gestão da reputação online na adaptação à ascensão das tecnologias ativadas por voz.

Por que isso é importante: Para se manter relevante, ajuste seu conteúdo para pesquisas por voz e visuais à medida que os avanços baseados em IA remodelam as modalidades de pesquisa.

Insight Prático: Otimize o conteúdo para vários formatos de pesquisa, garantindo que sua empresa seja facilmente encontrada.

 

Técnicas de Hiper Personalização

Um dos pontos mais fortes da IA é a capacidade de ajudar a criar conteúdo personalizado rapidamente. No entanto, o relatório State of Personalization da Twilio esclarece os desafios na busca por experiências personalizadas do cliente (CX). As principais questões incluem a desconfiança dos clientes em relação à IA ao lidar com seus dados, leis de privacidade mais rigorosas que complicam a coleta de dados e a  crescente dificuldade de alcançar uma personalização eficaz, apesar das crescentes expectativas dos clientes. O relatório revela que, embora mais de 90% das empresas aproveitem a personalização impulsionada pela IA para o crescimento, quase 60% dos clientes expressam desconforto com a IA criando experiências personalizadas. Isso sugere um sentimento de mercado complexo em relação à IA, que deverá evoluir à medida que as experiências impulsionadas pela IA superam as interações tradicionais de CX.

Além disso, 49% dos consumidores não confiam nas marcas para utilizarem os seus dados de forma segura e responsável, enfatizando a necessidade de maiores investimentos em segurança. Paradoxalmente, apesar do foco e do investimento significativos em IA e personalização, mais de um quarto dos consumidores observou uma personalização menos direcionada ao longo do último ano. Essa regressão é atribuída a fatores como regulamentações de privacidade de dados e opções de desativação de rastreamento da Apple. Embora a personalização ofereça benefícios, com mais de metade dos clientes dispostos a se tornarem compradores recorrentes após uma experiência personalizada, as empresas enfrentam desafios na obtenção de dados precisos para personalização. O relatório destaca a importância crescente das plataformas de dados dos clientes, das medidas de segurança mais rigorosas e dos avanços tecnológicos contínuos na navegação no cenário em evolução da personalização e da IA.

Por que isso é importante: Indo além da personalização convencional, a hiperpersonalização utiliza insights de dados para oferecer experiências personalizadas em cada ponto de contato.

Insight Prático: Utilize os dados com sabedoria para fornecer experiências personalizadas, aprimorando a satisfação e a fidelidade do cliente.

 

Foco na Experiência do Cliente (CX)

Customer Experience (CX) é um fator crucial que molda o sucesso das marcas, com 77% reconhecendo a sua importância como um diferencial competitivo chave. O  substancial crescimento do mercado global de Gestão CX, atingindo US$ 8,8 bilhões em 2021 e projetando um aumento anual de 18,1% de 2022 a 2030, ressalta ainda mais sua importância estratégica.

No entanto, as empresas enfrentam uma pressão imensa para oferecer uma CX excecional, como evidenciado pelas estatísticas que revelam que 86% dos consumidores abandonariam uma marca depois de apenas duas experiências más, e 49% já abandonaram uma marca no ano passado devido a experiências de cliente abaixo da média (Emplifi ). O impacto financeiro é significativo, com as empresas dos EUA perdendo US$ 35,3 bilhões anualmente em rotatividade de clientes causada por problemas de CX evitáveis, destacando as consequências tangíveis do tratamento inadequado dos clientes. E os executivos estão perfeitamente conscientes dos riscos, já que 83% acreditam que a CX não melhorada representa ameaças consideráveis para a receita e participação de mercado.

Na busca por uma excelente CX, as empresas descobrem que isso gera clientes satisfeitos e impacta positivamente os resultados financeiros. Uma maioria considerável de consumidores, 61%, está disposta a pagar pelo menos 5% a mais por produtos ou serviços que prometam uma boa experiência ao cliente, enfatizando o valor monetário associado à CX. Além disso, 56% dos consumidores colocam a qualidade do atendimento ao cliente acima de todos os outros critérios na formação da sua percepção positiva de uma marca.

Com base nisso, a CX desempenha um papel fundamental no cultivo de relacionamentos frutíferos com os clientes, com 66% dos consumidores expressando disposição para compartilhar dados pessoais se isso melhorar a experiência geral do cliente. Essas estatísticas enfatizam coletivamente o papel central da CX na formação das percepções do consumidor, na lealdade e no sucesso geral dos negócios.

Por que isso é importante: Em 2024, uma experiência do cliente excepcional torna-se um diferencial crucial para PMEs.

Insight Prático: Alinhe os objetivos digitais com a melhoria das experiências do cliente, garantindo que sua empresa se destaque em um cenário competitivo.

 

Vídeos Curtos e Ecommerce Social

Vídeos curtos, popularizados por plataformas como TikTok, Instagram Reels e YouTube Shorts, tornaram-se um formato de conteúdo proeminente, permitindo que as marcas incorporem um toque personalizado em seus anúncios. Para criadores de conteúdo e anunciantes, explorar estatísticas de vídeos curtos fornece insights valiosos sobre essa tendência emergente.

De acordo com o TechJury, 26% dos profissionais de marketing já utilizam vídeos curtos como formato de publicidade e, até 2023, surpreendentes 90% dos anunciantes globais planejam aumentar seus investimentos neste estilo de conteúdo dinâmico. A eficácia dos vídeos curtos é evidente, com 85% dos profissionais de marketing atestando seu impacto, e esses vídeos são 2,5 vezes mais envolventes do que equivalentes de longa duração. Momentos culturais e notícias geram 63% do engajamento com vídeos, enquanto 40% dos profissionais de marketing classificam o Conteúdo Gerado pelo Usuário (UGC) como um formato de alto retorno nas redes sociais. Enfatizando a importância dos influenciadores, 66% das empresas de marketing colaboram com influenciadores no aplicativo TikTok, enquanto apenas 16% interagem com celebridades. Essas estatísticas destacam a crescente importância e eficácia dos vídeos curtos no domínio do marketing digital e da criação de conteúdo.

A prevalência do comércio social no cenário das compras online remodelou a forma como as empresas interagem com os consumidores em plataformas como Facebook, Instagram, Pinterest, Twitter e WhatsApp. Esses canais, que já abrigam  milhares de empresas experientes em marketing, integram perfeitamente funcionalidades de compras e pagamentos, permitindo que os usuários façam compras diretas nas plataformas. Para navegar no cenário dinâmico e otimizar estratégias online, é crucial aprofundar-se nas estatísticas de comércio social que esclarecem as tendências atuais do mercado e práticas eficazes para atrair compradores e expandir negócios. Em 2023, 27% dos consumidores preferem descobrir novos produtos através das redes sociais, com 41% tendo encontrado um produto em plataformas sociais nos últimos três meses, marcando um aumento de 14% em relação ao ano anterior. De maneira impressionante, 67% dos consumidores já realizaram compras por meio de plataformas de redes sociais e 53% expressam a sua intenção de fazer mais compras por meio destes canais no futuro.

A confiança continua a ser um factor crucial, já que 54% dos utilizadores das redes sociais manifestam preocupações sobre a legitimidade das empresas que vendem nestas plataformas. Embora 47% dos profissionais de marketing de mídia social afirme que suas marcas vendem diretamente em aplicativos de mídia social, apenas 41% dos usuários se sentem confortáveis em fazer compras nessas plataformas e apenas 37% confiam nas plataformas de mídia social com suas informações de cartão. O cenário em evolução mostra que 30% das empresas de comércio eletrônico já estão engajadas em vendas nas redes sociais, com outros 12% planejando aderir a essa tendência em 2024. Essas estatísticas abrangentes de comércio social oferecem insights valiosos sobre o comportamento do consumidor, as tendências de mercado e a dinâmica em evolução das estratégias de negócios online.

Por que isso é importante: A dominância de vídeos de curta duração persiste, e a integração do comércio social oferece experiências de compra sem complicação dentro das plataformas sociais.

Insight Prático: Invista em conteúdo criativo de vídeos curtos e explore o comércio social para melhorar sua presença online e impulsionar as vendas.

 

Embora tenhamos abordado muitos assuntos nesta postagem do blog, para as PMEs, essas tendências representam oportunidades viáveis para aprimorar sua presença digital, envolver os clientes de maneira eficaz e manter-se à frente no reino do marketing digital, sempre em constante evolução. Por isso, é essencial ficar informado sobre tudo o que está acontecendo com IA e marketing digital, pois isso impacta as PMEs tanto quanto afeta as empresas de nível corporativo.

Os consultores da WSI estão preparados para fornecer orientações valiosas adaptadas às necessidades e objetivos específicos das PMEs, garantindo uma  jornada estratégica e bem-sucedida no marketing digital em 2024. Tem dúvidas? Entre em contato!

Tradução do Original em Inglês: wsiworld.com.br

As melhores idéias e conselhos de marketing digital

O Blog de Marketing Digital da WSI é o seu local ideal para obter dicas, truques e práticas recomendadas em todos os aspectos relacionados ao marketing digital. Confira nossos posts mais recentes.